carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Estado inaugura Centro Empresarial



30/12/2011

Secretário entrega Centro Empresarial de São José dos Campos

Nesta sexta (30/12), o governador Geraldo Alckmin e o secretário de Desenvolvimento Econômico Ciência e Tecnologia, Paulo Alexandre Barbosa, inauguraram o Centro Empresarial I do Parque Tecnológico de São José dos Campos e assinaram o convênio para a liberação de R$ 6 milhões destinados à construção do Centro Empresarial II. O parque tecnológico da cidade possui credenciamento definitivo no Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec).

De acordo com o governador Geraldo Alckmin, a importância dos parques está na união do desenvolvimento econômico com o tecnológico. "Além de empresas desenvolvendo a economia da região, também temos dentro do parque o funcionamento de uma Fatec, construída em convênio com a prefeitura municipal. Essa Fatec oferece nove cursos, distribuidos para 1,5 mil alunos. Hoje, de cada dez jovens que estudam nas Fatecs, nove conseguem emprego no primeiro ano de formado", explicou.

Segundo o secretário Paulo Alexandre Barbosa, o SPtec ajuda diretamente os mais necessitados, pois gera emprego para a população. "O investimento em Parques Tecnológicos é importante, pois transforma conhecimento em Riqueza. E essa riqueza é trabalho e oportunidade para aqueles que mais precisam. O apoio da prefeitura municipal ao Governo do Estado nessa iniciativa é uma boa soma de esforços para garantir o desenvolvimento de São José dos Campos", afirmou.

Os parques tecnológicos são espaços onde há concentrações de empresas, centros de ensino e pesquisa, e instituições associadas que criam um ambiente favorável à atração de investimentos e inovação tecnológica. De acordo com o secretário Paulo Alexandre Barbosa, a integração entre empresas, universidades e centros de pesquisas, além de gerar renda, contribui para o desenvolvimento econômico, tecnológico e sustentável do Estado.

Centro Empresarial I

O Centro Empresarial I (CEI) possui área de seis mil m2 e reúne 25 empresas de pequeno e médio porte – selecionadas por meio de uma chamada pública. O Governo do Estado repassou R$ 3 milhões para a sua construção.

As empresas possuem em torno de 250 colaboradores atuantes nos projetos em desenvolvimento no CEI, com a expectativa de agregar mais 100 profissionais em 2012. Elas atuam nos segmentos de tecnologia da informação e comunicação (TIC), instrumentação eletrônica, geoprocessamento, aeronáutica e biomedicina.

Centro Empresarial II

O novo Centro Empresarial abrigará cerca de 50 empresas e laboratórios em um espaço de dez mil m². O início da obra está previsto para os primeiros meses de 2012, com duração de um ano e meio. O investimento do Governo do Estado é de R$ 6 milhões.

Fatec

A Fatec São José dos Campos funciona dentro do Parque Tecnológico da cidade. Implantada desde 2006, ela oferece 8 cursos(Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Automação Aeronáutica, Banco de Dados, Estruturas leves, Logística, Manufatura Aeronáutica, Manutenção de Aeronaves e Rede e Computadores), distribuidos para 1,5 mil alunos. A instituição recebeu um investimento do Governo do Estado de R$ 609.216,80 em 2011.

Investimentos

De 2006 a 2011, o Governo do Estado repassou para o Parque Tecnológico de São José dos Campos o total de: R$13.548.699,75. Os recursos foram destinados para obras civis, construção do primeiro Centro Empresarial, reformas e início das obras do Centro II.

Sobre o Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec)

Criado em 2003, o SPTec oferece apoio e suporte aos parques tecnológicos, com o objetivo de atrair investimentos e gerar novas empresas intensivas em conhecimento ou de base tecnológica, que promovam o desenvolvimento econômico, científico e sustentável do Estado. De 2003 a 2010, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT) repassou mais de R$ 53 milhões na realização de obras e estudos para a implantação de parques tecnológicos. Em 2011, os cinco convênios firmados (Botucatu, Piracicaba, São José do Rio Preto, Soracaba e São José dos Campos) totalizaram mais de R$ 24,3 milhões.

No Estado de São Paulo existem 30 iniciativas para implantação de Parques tecnológicos. Dessas 11 em discussão e 19 já credenciadas no SPTec, sendo duas com credenciamento definitivo: Parque Tecnológico de São José dos Campos e o ParqTec de São Carlos e outras 17 com credenciamento provisório: Araçatuba, Barretos, Botucatu, Campinas (três iniciativas: Polo de Pesquisa e Inovação da Unicamp, CPqD e CTI-TEC), Ilha Solteira, Mackenzie -Tamboré, Piracicaba, Ribeirão Preto, Santo André, Santos, EcoTecnológico Dahma São Carlos, São José do Rio Preto, São Paulo (duas iniciativas: Jaguaré e Zona Leste) e Sorocaba.

Como fazer parte do SPTec

Para fazer parte do SPTec, a prefeitura ou a entidade gestora do parque tecnológico deve encaminhar um ofício à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT) e solicitar sua inclusão no sistema. Após a aprovação dos documentos, o credenciamento é efetuado por meio de uma resolução válida por dois anos.

Para a obtenção do credenciamento provisório no sistema, o interessado (prefeitura ou entidade gestora) deve enviar a SDCET: comprovação de propriedade de uma área de no mínimo 200 mil m²; documento manifestando o apoio à implantação do parque subscrito por empresas locais, bem como centros e instituições de ensino e pesquisa; apresentação de projeto básico do empreendimento, contendo o esboço do projeto urbanístico e estudos prévios de viabilidade econômica, financeira e técnico-científica e a apresentação de requerimento por parte da pessoa jurídica justificando o pleito.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo