carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Dissertação recebe prêmio em Economia Criativa



10/01/2013

Durante o II Colóquio Celso Furtado sobre Cultura e Desenvolvimento, no Auditório da Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), em Brasília, DF, aconteceu a premiação dos trabalhos selecionados pelo Edital de Apoio à Pesquisa em Economia Criativa, do Ministério da Cultura (MinC). Entre eles, a dissertação de Mestrado de Jussara Cristina Reis, integrante do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS) da Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC) da Unesp, Câmpus de Marília.

Intitulado "A gente é Nascido e Criado Aqui: memória e territorialidade no bairro de Boa Vista, Bragança Paulista (SP)", o trabalho procurou realizar um estudo sobre o impacto das mudanças advindas da modernidade na vida, na religiosidade e no trabalho dos moradores deste município, historicamente formado a partir da chegada de imigrantes italianos, espanhóis e portugueses, que se sedentarizaram na região devido à presença de grandes mananciais (revelando seu potencial hídrico) e pela constituição topográfica, facilitadora da prática agrícola, essencialmente de subsistência.

O professor Paulo Eduardo Teixeira, do Departamento de Ciências Políticas e Econômicas (DCPE) e do PPGCS, orientador da dissertação, disse ser importante destacar a dimensão interdisciplinar e, sobretudo, da memória, enquanto ferramentas fundamentais para o resgate das imagens resguardadas pelos moradores mais antigos, através dos relatos e de fotografias em posse dos mesmos, ao longo dos anos.

"O intuito é o de demonstrar, por meio desses instrumentos, a maneira pela qual essas populações foram criando estratégias de sobrevivência, frente ao surgimento da imprensa e comunicação midiática, das inovações tecnológicas e da própria mudança do espaço físico que, com a urbanização e a modernização das construções, foi dando lugar aos grandes condomínios e prédios, em detrimento da mata nativa", explicou Teixeira.

A autora da dissertação também comentou sobre sua experiência e a representatividade dessa premiação em sua formação pessoal e acadêmica: "Sempre esperamos, com nossos estudos, trazermos algum retorno concreto para nossa sociedade. Então, foi extremamente gratificante saber que o meu trabalho está contribuindo, de alguma forma, para esse processo de construção de políticas públicas nacionais relacionadas ao setor de economia criativa, que busca fortalecer o desenvolvimento local e regional, valorizando os aspectos simbólicos inerentes às diferentes formas de criação. Certamente, esta premiação constitui-se como um grande estímulo para que eu continue me dedicando ao aprofundamento desta temática".

Prêmio
O Prêmio Economia Criativa: Edital de Apoio a Estudos e Pesquisa em Economia Criativa, foi um concurso desenvolvido pelo MinC para selecionar, em todo o território nacional, obras de pesquisa científicas, individuais e coletivas, na área de economia criativa para a concessão de apoio financeiro. Na ocasião, foram escolhidos 19 trabalhos entre teses de doutorado, dissertações de Mestrado ou produção científica de grupos.

O principal objetivo desse concurso foi identificar, reconhecer e difundir pesquisas científicas originais, cuja análise se destaque como referência para as linhas de ação do MinC na área da economia criativa". Na concepção do Ministério, economia criativa é o conjunto de dinâmicas culturais, sociais e econômicas construídas a partir do ciclo de criação, produção, distribuição/circulação/difusão e consumo/fruição de bens e serviços oriundos dos setores criativos, caracterizados pela prevalência de sua dimensão simbólica.

O público alvo destinou-se a pesquisadores da área acadêmica, vinculados a instituições de ensino superior, públicas ou privadas, reconhecidas pelo Ministério da Educação, ou a grupos de pesquisa vinculados a instituições públicas ou privadas sem fins lucrativos, com atuação na área da pesquisa.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo