carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Comissão apresenta proposta para nova Jucesp



28/12/2011

Para Paulo Alexandre Barbosa, a proposta para a Jucesp é marco da desburocratização

A comissão de reestruturação da Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp) apresentou o seu relatório final ao secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Paulo Alexandre Barbosa. O documento foi entregue no último dia 19 de dezembro, com a proposta de reformulação orgânica, administrativa e funcional do órgão, conforme previsto no decreto estadual 57.363, de 23 de setembro de 2011.

De acordo com o secretário Paulo Alexandre Barbosa, a reestruturação da Jucesp será um marco nas políticas de desburocratização e apoio ao empreendedorismo no Estado. “São Paulo responde por mais de 41% de toda a movimentação das juntas comerciais do Brasil. A modernização trará mais agilidade e eficiência aos serviços da Jucesp, além de integrá-la aos demais órgãos relacionados à legalização de empresas e negócios. Isso diminuirá filas, deslocamentos e redundância de procedimentos, economizando tempo e facilitando a vida do empreendedor”, afirmou.

Após 60 dias de pesquisas, levantamentos e discussões, o relatório proposto pela comissão formada por sete órgãos do governo estadual detalha como será o funcionamento dos novos sistemas da Jucesp e apresenta um anteprojeto de lei com a definição de um novo modelo de organização. A proposta deverá ser submetida ao Comitê de Qualidade da Gestão Pública e depois ao governador Geraldo Alckmin.

Redesim

Com a automatização do processo, a Jucesp pretende ganhar condições para compor a Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim). Trata-se de um sistema on-line que pretende integrar abertura, fechamento, alteração e legalização de empresas em todo o Brasil, tudo pela internet, simplificando procedimentos e reduzindo a burocracia. Um dos principais ganhos será a diminuição no tempo de expedição de registros e alvarás, estabelecendo a integração dos processos da Junta Comercial e da Receita Federal com o licenciamento dos órgãos estaduais (Centro de Vigilância Sanitária, Companhia Ambiental do Estado de São Paulo e Corpo de Bombeiros) e das prefeituras.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo