carregando...

Notícias

Notícias

Cespeg realiza 7° workshop em Santos



12/12/2008

Cerca de 300 pessoas participaram nesta sexta-feira, 12 de dezembro, do sétimo workshop promovido pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento, por intermédio da Comissão Especial de Petróleo e Gás Natural (Cespeg), para debater as ações voltadas à ampliação dos benefícios econômicos e sociais das atividades ligadas à exploração de petróleo e gás natural no Estado de São Paulo. O encontro, que teve como tema os Impactos Regionais (sociais, urbanos e ambientais) da exploração do pré-sal, foi realizado na Unip, em Santos.

Para o coordenador-executivo da Cespeg, José Roberto dos Santos, o evento possibilitou a troca de experiências entre setores envolvidos com o tema para auxiliar no planejamento de ações do Governo do Estado. “O objetivo é analisar os principais impactos ambientais nas formas de uso e ocupação do solo, além de avaliar demandas por equipamentos públicos em educação, saúde e transportes em áreas próximas a estruturas de exploração e produção de petróleo no litoral paulista”, explica.

Segundo o diretor-executivo da Agência Metropolitana da Baixada Santista (Agem), José Elias Abul Hiss, a descoberta de novos campos de petróleo no litoral paulista irá estimular o crescimento da economia local. “Além da criação de novos empregos, a intensificação da produção de petróleo irá aumentar a arrecadação do Estado e dos municípios, ou seja, é um investimento que será revertido em benefícios para a população”, ressalta.

Apresentações
Após a abertura do encontro, o workshop contou com quatro apresentações. A primeira, feita pelo conselheiro da Agem Luiz Carlos Rachid, tratou de experiências com regiões lindeiras à atividade petrolífera. Em seguida, o secretário de Governo de Santos, Márcio Lara, apresentou o tema “A região metropolitana na Baixada Santista e sua governança”. Já a terceira palestra foi feita por Virgílio Gonçalves Pina Filho, da Associação Comercial de Santos, e Kalenin Pock Branco, da Ciesp, que abordaram o tema “Impactos no cenário empresarial regional”.

Logo após a análise dos impactos, a conselheira da Agem, Débora Blanco Bastos Dias, apresentou a síntese dos aspectos relevantes e demandas identificadas para o desenvolvimento do litoral paulista. Por fim, o gerente-executivo da Unidade de Negócios da Bacia de Santos da Petrobras, José Luiz Marcusso, abordou o tema “O cenário regional sob a ótica da Petrobras e perspectivas para o futuro”.

O evento também contou com a presença dos deputados estaduais Bruno Covas e Haifa Madi, do representante da Secretaria da Habitação, Carlos Roberto Della Libera Filho, da diretora Técnica do Departamento de Avaliação de Impacto Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente, Silvia Romitelli, do diretor da Unip, Edson Monteiro, e da reitora da Universidade Santa Cecília, Silvia Penteado Teixeira, além de secretários municipais, pesquisadores e empresários da região.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo