carregando...

Notícias

Notícias

Bolsistas da Fapesp vencem Prêmio Jovem Cientista



03/12/2012

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a Fundação Roberto Marinho, a Gerdau e a GE anunciaram, no dia 27 de novembro, os vencedores da 26ª edição do Prêmio Jovem Cientista, cujo tema foi "Inovação tecnológica nos esportes".

Na categoria Graduado o primeiro lugar ficou com Rodrigo Gonçalves Dias, que identificou uma mutação genética que pode comprometer o mecanismo de vasodilatação muscular durante a prática esportiva e, consequentemente, o desempenho dos atletas.

O trabalho de Dias foi feito durante o doutorado no Instituto de Biologia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), com Bolsa da FAPESP. Atualmente, Dias é pós-doutorando no Laboratório de Genética e Cardiologia Molecular e da Unidade de Hipertensão do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), também com Bolsa da FAPESP.

Em segundo lugar ficou Caetano Decian Lazzari, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), que construiu uma célula de carga para analisar a performance de atletas durante treinos ou provas de ciclismo. O aparato é capaz de medir força e funciona acoplado a um dispositivo de transmissão de dados sem fio (Bluetooth).

Em terceiro lugar ficou Eduardo Pimentel Pizarro, que realiza mestrado na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, com Bolsa da FAPESP. Pizarro desenvolveu um projeto alternativo para as obras de infraestrutura a serem realizadas para os Jogos Olímpicos 2016 visando à redução do impacto urbano. O ganhador do Prêmio Jovem Cientista na categoria Estudante do Ensino Médio foi João Pedro Wieland, do Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (CAP-UFRJ).

Na categoria Estudante do Ensino Superior, o primeiro lugar ficou com Priscila Ariane Loschi, da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG), com o projeto "Materiais de mudança de fase aplicados no design de tecidos inteligentes".

O prêmio de Mérito Institucional Ensino Superior foi para a USP, por conta da "vanguarda da ciência esportiva e o investimento em projetos olímpicos, inspiração para todas as instituições de ensino do país".

O homenageado na Categoria Menção Honrosa foi Luiz Fernando Martins Kruel, professor da UFRGS, coordenador do Grupo de Pesquisa em Atividades Aquáticas e Terrestres.

Mais informações: www.jovemcientista.org.br.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo