carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

BID realiza Conferência sobre Energia



15/09/2008

Nos dias 15 e 16 de setembro, O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em parceria com os governos da Alemanha e da Suíça, realiza a Conferência sobre Eficiência Energética e Competitividade na América Latina. O evento foi aberto por Luiz Alberto Moreno, presidente do BID; por Rolf Jeker, presidente da Osec Business Network da Suíça; por Dorethee Fielder ministra da Economia, Cooperação e Desenvolvimento da Alemanha e pelo vice-governador e Secretário do Desenvolvimento do Estado de São Paulo, Alberto Goldman.

A Conferência faz parte da Iniciativa de Energia Sustentável e Mudança Climática (SECCI, na sigla em inglês), um programa do próprio BID, que visa promover o desenvolvimento de energia economicamente e ambientalmente viável. O objetivo da Conferência é ampliar a conscientização, melhorar o conhecimento e incentivar programas e projetos concretos em eficiência energética na América Latina.

Para o suíço Rolf Jeker, conhecido por ser uma das autoridades governamentais envolvidas nas negociações do Protocolo de Kyoto, “as iniciativas de desenvolvimento, especialmente nos países emergentes, devem ser fiéis aos ideais de Kyoto”, cabendo a todos os estados que usam energia, desenvolver tecnologias que possam contribuir para diminuir a emissão de poluentes, os quais causam inúmeros efeitos maléficos ao ambiente e aos seres humanos. A ministra alemã, Dorothee Fielder, defende que o seu país compartilha as preocupações climáticas com o resto do mundo, e por isso, os alemães querem compartilhar também as responsabilidades. Para tanto, o governo alemão tem incentivado o desenvolvimento de tecnologias para a produção de energia menos poluente.

Alberto Goldman falou sobre o aumento da preocupação mundial com a demanda energética, “São Paulo tem muito a aprender com as iniciativas do resto do mundo, mas também tem muito a oferecer a esse mundo que cada vez mais está preocupado com a escassez de energia e com o futuro ambiental”.

Segundo o Secretário do Desenvolvimento de São Paulo, o Estado investe em políticas que fomentam o desenvolvimento sustentável. A criação de cursos técnicos e tecnológicos voltados para a produção de combustíveis, os investimentos nas pesquisas, a criação da Comissão Especial de Bio-energia e a assinatura do Protocolo de Transmissão de Energia visam ampliar as fronteiras da produtividade e da eficiência energética, produzindo energia de forma barata e limpa.

O presidente do BID encerrou a abertura do evento dizendo que “como no futebol, na gestão energética o Brasil faz escola. Defende bem, ataca melhor e conta com uma grande criatividade”. Para Luiz Alberto Moreno, o país tem desenvolvido boas fontes de energia alternativa e por isso, principalmente o estado de São Paulo, serve como modelo para todo o continente.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo