carregando...

Notícias

Notícias

APL de Americana ganhará dois centros de capacitação



13/11/2009

Investimento faz parte do Programa Estadual de Fomento aos APLs (Leonardo Tote/SD)

O Arranjo Produtivo Local (APL) têxtil e de confecções - formado entre as cidades de Americana, Sumaré, Santa Bárbara d’Oeste e Nova Odessa - contará com mais dois novos Centros de Capacitação e Produção de Cooperativas de Trabalho de Costura. O convênio foi assinado nesta segunda-feira, 16 de novembro, pelo secretário de Desenvolvimento do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, em solenidade que também marcou as inaugurações do novo bloco da Faculdade de Tecnologia (Fatec) e da Incubadora de Cooperativas de Costura de Americana.


Na oportunidade, o secretário de Desenvolvimento, lembrou que os investimentos no Arranjo Produtivo Local irão beneficiar 1.500 micro e pequenas empresas da região, responsáveis pela geração de 43 mil empregos. "Uma maior oferta de mão-de-obra qualificada fortalece a economia e a competitividade das empresas e também gera novas oportunidades de emprego e salários mais altos", afirmou.

Mais de 400 costureiras serão beneficiadas com os investimentos em capacitação (Leonardo Tote/SD)
Para a criação dos centros de capacitação, a parceria firmada entre a Secretaria de Desenvolvimento, o Polo Tec Tex (entidade gestora do APL) e as prefeituras locais prevê um investimento total de R$ 970.118,26. Desse montante, R$ 413.574,26 serão destinados pelo Estado para compra de máquinas de costura, móveis e equipamentos. Os dois novos centros serão implantados em Santa Bárbara d’Oeste e Nova Odessa, com o objetivo de qualificar e organizar costureiras em cooperativa de trabalho. Além disso, os investimentos vão ampliar em 20% a capacidade dos outros três centros já existentes em Sumaré, Hortolândia e Nova Odessa.


O presidente do Polo Tec Tex, Helton Jorge Filho, destacou que os investimentos são um sonho antigo do setor. Segundo ele, hoje existe carência de mão-de-obra capacitada. Já o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Têxteis de Santa Bárbara d´Oeste, Claudio Peressim, disse que o investimento é uma excelente oportunidade para qualificar os trabalhadores. Para ele, o programa forma pessoas com visão de empreendedores, além de proporcionar qualificação profissional.

Arranjos Produtivos Locais (APLs)
Os investimentos nos Centros de Capacitação e Produção de Cooperativas de Trabalho de Costura fazem parte do Programa Estadual de Fomento aos Arranjos Produtivos Locais. Os APLs concentram geograficamente micro, pequenas e médias empresas de um mesmo setor ou cadeia produtiva que, sob uma estrutura de governança comum, cooperam entre si e com entidades públicas e privadas. Em todo o Estado, existem 24 Arranjos Produtivos Locais, que somam 14.500 empresas e 350 mil postos de trabalho. O programa prevê a aplicação de R$ 4,4 milhões da Secretaria de Desenvolvimento e outros R$ 6 milhões de recursos adicionais.

Fatec recebeu novo bloco com 12 salas de aula e auditório, além de cantina (Leonardo Tote/SD)
Fatec
Durante a visita a Americana, o secretário de Desenvolvimento entregou as novas instalações da Fatec do município. Após oito meses de construção e investimentos de aproximadamente R$ 1,6 milhão do governo do Estado de São Paulo, a Faculdade de Tecnologia recebeu um novo bloco com 2.486,36 m², 12 salas de aula e auditório, além de uma cantina. A Fatec de Americana conta com mais de 2,3 mil alunos matriculados nos cursos superiores de Análise de Sistemas e Tecnologia da Informação, Gestão Empresarial, Logística, Processamento de Dados e Produção Têxtil.
 

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo