carregando...

Notícias

Notícias

Alunos da Etec Getúlio Vargas vencem a 9ª Febrace



28/03/2011

Tiago de Oliveira e Adriana Santana irão apresentar seu projeto em Los Angeles

O projeto de dois alunos da Escola Técnica Estadual (Etec) Getúlio Vargas, de São Paulo, venceu o prêmio principal da 9ª Feira Brasileira de Ciências e Engenharia, Criatividade e Inovação (Febrace) e foi selecionado para a Feira Internacional de Ciências e Engenharia da Intel (Intel ISEF), que ocorre entre os dias 8 e 13 de maio, em Los Angeles, nos EUA.

O trabalho vencedor na categoria Ciências Exatas e da Terra, “Oleoquímica: reutilização de óleo de soja para produção de resinas”, foi desenvolvido pelos estudantes Tiago de Oliveira e Adriana Santana, orientados por Silvia Fernandes.

A premiação ocorreu no sábado, 26 de março, no encerramento das atividades da 9ª edição da Febrace, que contou com uma cerimônia no Palácio dos Bandeirantes para premiar os melhores projetos em sete áreas do conhecimento.

A experiência dos estudantes apontou que 1 litro de óleo de soja usado rende 2,85 litros de resina e 7,2 litros de tinta. É uma produtividade semelhante à da resina feita de óleo não usado. O produto cobre madeira, papel e tecido e, com duas demãos, impermeabiliza as superfícies. “Nossa tinta economizaria R$ 5 milhões por ano à indústria e a reciclagem de óleo deixaria de poluir 2 trilhões de litros de água anualmente”, explica Tiago de Oliveira.

“Ainda não ‘caiu a ficha’ de que vou para os Estados Unidos”, disse Oliveira, entusiasmado, enquanto sua colega Adriana Santana vibrava, entre lágrimas. A chefe de gabinete do Centro Paula Souza, Elenice Belmonte, comemorou: “É um orgulho para o Centro Paula Souza, pois os selecionados para a Intel ISEF são os melhores do mundo”.

Mais prêmios
Além de revelar os projetos selecionados para os EUA, a cerimônia distribuiu prêmios por categoria. Também em Ciências Exatas e da Terra, a Etec Júlio de Mesquita recebeu o 1º lugar pelo trabalho “Da culinária, ao banho, a planta – produtos contendo tomilho”. Sob orientação de Jhonny Frank Joca e Magali Canhamero, Lilian Martins e Caroline Winkler aproveitaram a erva usada para aromatizar molhos e assados em hidratantes para as mãos e em produtos para controle de pragas na agricultura.

Na edição anterior da Febrace, em 2010, duas Etecs estiveram entre as campeãs: Prof. Carmelino Corrêa Júnior, de Franca, e Getúlio Vargas, de São Paulo. As Etecs já foram vencedoras em outras três oportunidades: em 2008, com a Trajano Camargo, de Limeira; em 2007, com a Getúlio Vargas, de São Paulo; e em 2004, com a Polivalente, de Americana.

Preocupação com o meio ambiente
Ao todo, 22 projetos do Centro Paula Souza chegaram à final. Selecionados entre mais de 14 mil trabalhos de estudantes do Ensino Fundamental, Médio e Técnico de todo o País, de escolas públicas e privadas, os alunos das Etecs tiveram seus trabalhos exibidos na Febrace, que aconteceu de 22 a 24 de março. Além dos premiados, boa parte das invenções finalistas contemplava soluções sustentáveis para o meio ambiente.

Uma das propostas, da Etec Trajano Camargo (Limeira), é a geladeira que funciona com energia solar, portátil e mais econômica que as tradicionais - o custo do protótipo caiu de R$ 1,2 mil para R$ 400. Outro projeto é o motor a água, de alunos da Etec Polivalente de Americana, que utiliza a água do mar como fonte de energia alternativa para veículos, com o objetivo de diminuir a emissão de gases de efeito estufa.

Confira as fotos da cerimônia da premiação na página do Centro Paula Souza no Facebook e veja os projetos das Etecs na Febrace.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo