carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Alunos com deficiência visual de Etecs e Fatecs usam aparelhos com tecnologia especial



09/04/2015

Fonte: Centro Paula Souza

Aluno da Etec Raposo Tavares utiliza scanner que transforma arquivo de texto em arquivo de áudio (Gastão Guedes/Centro Paula Souza)Para facilitar o acompanhamento das aulas, estudantes com deficiência visual de Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais receberam equipamentos especiais, como lupas eletrônicas, leitores de texto digitais, scanners especiais e máquinas de escrever em Braille. 

Desde 2014, o Centro Paula Souza, responsável pelas Etecs e Fatecs, investiu R$ 500 mil na compra de 67 aparelhos com tecnologia de ponta, que auxiliam os alunos na sala de aula e nos estudos extraclasse.


Foram adquiridos 16 scanners especiais (ReadEasy Move) e 16 leitores de textos digitais (Victor Reader Stratus) para deficientes visuais totais. Cada estudante recebe um scanner, que digitaliza textos impressos, e um leitor eletrônico para poder ouvir com a qualidade de voz humana diversos tipos de arquivos gravados.

Também foram compradas 35 lupas eletrônicas (I-Loview 7 Full HD), que permitem ampliar e capturar textos e três máquinas de escrever em Braille. Após a conclusão do curso, o material retorna à instituição para o uso de novos alunos.

“Esses equipamentos representam um importante recurso para o processo de ensino-aprendizagem, pois oferecem melhores condições e maior autonomia para que os alunos com deficiência visual obtenham a habilitação técnica ou tecnológica desejada”, destaca a coordenadora de Projetos de Inclusão da Pessoa com Deficiência do Centro Paula Souza, Alessandra Aparecida Ribeiro Costa.

“Já observamos resultados positivos dos estudantes contemplados com esses recursos, que saem mais preparados para inserção no mercado de trabalho.”

Outras ações
Entre outras ações de política de educação inclusiva, a instituição também disponibiliza transporte e mobiliário adaptados, tecnologias assistivas, intérprete de libras para acompanhar os alunos nas aulas e professores cuidadores para auxiliar estudantes que possuem, por exemplo, paralisia cerebral, déficit de atenção etc. Com o objetivo de explorar todas as potencialidades dos aparelhos e auxiliar os alunos no processo de aprendizagem, os professores das Etecs e Fatecs são capacitados pela ONG Laramara (Associação Brasileira de Assistência à Pessoa com Deficiência Visual).
 

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo