carregando...

Notícias

Notícias

A riqueza das bandeiras nacionais, analisada no Jornal Unesp



02/06/2014

Fonte: Unesp

Todos os países recorrem a símbolos, como hinos, escudos e bandeiras, para se distinguirem entre os demais e apresentarem valores que orientam seus povos ou governantes. Carregados da história e da cultura nacionais, esses sinais diferenciadores há muito tempo atraem a atenção do geógrafo Tiago José Berg.

A reportagem de capa do Jornal Unesp focaliza os estudos de Berg sobre bandeiras do mundo inteiro. Elas foram o tema da tese de doutorado que o geógrafo defendeu este ano no Instituto de Geociências e Ciências Exatas, do Campus da Unesp de Rio Claro, e de um livro que o pesquisador lançou recentemente.

Publicada no mês em que se inicia a Copa do Mundo, a edição abre suas páginas para o futebol. Uma reportagem põe em relevo o livro Com a nação nas mãos: a história do treinamento de goleiros no futebol brasileiro, de Carlos Rogério Thiengo e Dagmar Hunger, diretora da Faculdade de Ciências (FC), Campus da Unesp de Bauru. A obra apresenta depoimentos de personagens como os ex-goleiros Zetti, Taffarel e Carlos Gallo e treinadores de goleiros como Valdir Joaquim de Moraes.
O escritor Luiz Ruffato, autor do premiado romance Eles eram muitos cavalos, entre outras obras, é o entrevistado do mês.
Ruffato fala de futebol e da antologia de contos sobre esse esporte que ele organizou, que traz 15 autores nacionais e foi lançada no Brasil no ano passado, após ser editada na Alemanha. O jornal publica um desses contos, de autoria da escritora Ana Paula Maia.

Ao lado do futebol, também ganha espaço a questão de como os profissionais da área de artes plásticas estão sendo formados. No final de março, foi promovido em São Paulo o evento Longitudes: a formação do artista contemporâneo no Brasil?, que teve a presença de criadores, estudiosos, curadores e interessados nesse campo de atividade. No suplemento Fórum, alguns dos participantes do encontro apresentam seus relatos e conclusões sobre o panorama das artes plásticas no país.

Mais um destaque são os 57 novos títulos da Coleção Propg/FEU Digital, voltada para a divulgação de obras produzidas por professores da Unesp, com temas da área de Ciências Humanas. Agora, a coleção soma 249 e.books e já ultrapassou a marca de 5 milhões de downloads gratuitos.

Destinado a garantir a qualidade da pulverização das plantações do país, o Programa de Certificação Aeroagrícola Sustentável (CAS) é coordenado por Unesp, Universidade Federal de Lavras e Universidade Federal de Uberlândia. A iniciativa promove a capacitação e a qualificação das empresas de aviação agrícola e dos operadores aeroagrícolas privados, numa parceria com a Associação Nacional de Defesa Vegetal e o Sindicato das Empresas de Aviação Agrícola. A novidade anunciada na edição é a recente aprovação de vinte empresas na primeira etapa do programa.

A pesquisa também é notícia. Uma reportagem detalha o trabalho de uma equipe da área de Fonoaudiologia do Campus de Marília, que desenvolveu testes complementares para o exame de Emissões Otoacústicas Evocadas, popularmente conhecido como "teste da orelhinha". Com esses exames é possível obter um diagnóstico mais preciso de possíveis deficiências auditivas em recém-nascidos.

A biologia matemática é um campo novo da ciência, que usa os recursos da matemática e da física para entender melhor fenômenos da natureza.  A edição apresenta um evento realizado no Instituto de Física Teórica, Campus da Unesp de São Paulo, que reuniu especialistas do Brasil e do exterior para debater esse tema.

Leia a edição completa em www.unesp.br/jornal

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo