carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Agência recebe empresários da Finlândia



01/12/2011

Ricardo Fuji apresentou dados sobre a produção de óleo e gás no Brasil

O diretor da Investe São Paulo, órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Hans Schaeffer, recebeu nesta terça-feira, 29 de novembro, o Fundo de Inovação da Finlândia (SITRA) e a Confederação das Indústrias de Tecnologia da Finlândia, composta por 13 empresários. A reunião apresentou o setor de petróleo e gás Estado de São Paulo e como a Investe SP pode ajudar as empresas finlandesas a se instalar no Estado.

Schaeffer ressaltou que o Brasil se encontra em um bom momento para se investir, priorizando a descoberta do pré-sal no País. “Trata-se de uma grande mudança na maneira como o petróleo será explorado. Ainda falta desenvolver muita tecnologia no setor. Por isso, esse é um momento muito atraente para os investidores, não só em relação aos empreendimentos em alto mar, mas também em relação a toda a estrutura de fornecimento que precisa ser construída em terra”, disse. Schaeffer finalizou explicando o suporte que a Investe SP pode proporcionar a essas empresas. "A burocracia brasileira pode surpreender alguns investidores. Mas nós, da Investe SP, estamos aqui especialmente para ajudá-los, estabelecendo o relacionamento necessário com os órgãos de governo, no âmbito federal, estadual e municipal, e com as concessionárias de serviços, como, por exemplo, energia elétrica e gás”, completou.

O representante da Secretaria de Energia do Estado de São Paulo, Ricardo Fuji, apresentou dados sobre a produção de óleo e gás no Brasil, apontando a cidade de Santos, no litoral de São Paulo, como a principal área para investimentos.

O presidente da Câmara Setorial de Equipamentos Navais e de Offshore, César Prata, mostrou que a produção no Brasil é mais cara que em outros países, porém destacou as vantagens de se produzir no País. “Nossa demanda de plataformas e navios está ultrapassando a da Coréia. Além disso, pela qualidade de nossas máquinas, conseguimos exportar 30% da nossa produção”, disse.

A representante da Oilon Group, empresa finlandesa que atua no campo da tecnologia ambiental e de energia, Päivi Leiwo, ressaltou que após as apresentações, todos estão mais preparados para investir em São Paulo. “Estamos prontos para considerar a realização de investimentos no Estado”, finalizou.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo