carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Centros de Inovação

Centro de Inovação Tecnológica (CIT) é um espaço criado para estimular o crescimento e competitividade das micro e pequenas empresas por meio do avanço tecnológico. Adaptado às condições e necessidades locais, o empreendimento concentra e oferece um conjunto de mecanismos e serviços de suporte ao processo de inovação das empresas, promovendo ainda a interação entre empreendedores e pesquisadores para o desenvolvimento de setores econômicos.

O governo do Estado lançou a Rede Paulista de Centros de Inovação Tecnológica (RPCITec) para apoiar a instalação da iniciativa com objetivo de disseminar a cultura da inovação nos municípios. O centro pode operar laboratórios, fornecer serviços de apoio tecnológico e certificação da qualidade, verificação de produtos e processos, entre outras atividades. Pode prever a formação de mão de obra especializada com o apoio de outras entidades do Estado e estar associado a incubadoras de empresas de base tecnológica. 

Atualmente o Estado de São Paulo possui 42 iniciativas para a implantação de centros: Americana, Araraquara, Atibaia, Barueri, Birigui, Caçapava, Campina de Monte Alegre, Capão Bonito, Catanduva, Consórcio Intermunicipal do Vale do Paranapanema (Civap), Dois Córregos, Faculdade Zumbi dos Palmares, Fernandópolis, Franca, Garça, Guarujá, Guarulhos - Agende, Indaiatuba, Instituto de Arquitetos do Brasil, Instituto Tecnológico Científico e de Desenvolvimento Ambiental Cosmos, Ita, Itapetininga, Itapeva, Itu, Jaboticabal, Jacareí, Jales, Jundiaí, Limeira, Lins, Marília, Mauá, Mogi das Cruzes, Monte Mor, Praia Grande, Presidente Prudente, Registro, São José do Rio Preto, Sertãozinho, Socorro, Tatuí, Votuporanga.

Para solicitar o apoio da Pasta na implantação de um CIT, o interessado deve encaminhar para a Secretaria um ofício demonstrando a articulação do sistema local de inovação, a base econômica do município e informações sobre a existência de incubadoras de base tecnológica e organizações (produtivas locais, de fomento, de ensino e pesquisa, financeiras, públicas, de comércio, de infraestrutura comum e coordenação de classe). Após análise e aprovação do projeto pela equipe técnica, o interessado deverá ser assinar um protocolo de intenções com a Secretaria, elaborar um estudo de viabilidade técnica, econômica e financeira e um plano de negócios, além de providenciar o credenciamento na RPCITec. Confira aqui o decreto nº 60.286/2014, que institui o programa RPCITec.

 

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo