carregando...

VÍDEOS

ÓRGÃOS VINCULADOS

Notícias

Notícias

Dois cursos da Unesp entre os melhores do mundo



10/03/2017

Fonte: Unesp Agência de Notícias
 
Foto: DivulgaçãoA Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp) teve dois cursos classificados entre os 50 melhores do mundo, segundo ranking divulgado dia 7 de março pela consultoria britânica especializada em ensino superior Quacquarelli Symonds (QS). Odontologia ficou em 33º e Medicina Veterinária em 47º lugar.

O levantamento avalia 1.127 universidades, de 74 países, em 46 áreas de conhecimento. Para fazer a medição, são usados fatores como número de citações científicas, impacto acadêmico, além da reputação entre as universidades e os empregadores.

O Brasil é o campeão da América Latina. Tem 27 universidades, que aparecem 246 vezes nas tabelas dos cursos. O total é mais do que o dobro do Chile, que tem 98 colocações e 12 instituições. O topo da lista é da Universidade de Harvard (EUA), com 15 cursos em primeiro lugar, seguida pelo MIT, também dos EUA, com 12 cursos na liderança mundial.
Além da Unesp, quatro universidades brasileiras, todas públicas, aparecem no top 50. São elas a Universidade de São Paulo (USP), a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Desde que a avaliação teve início, em 2004, o Brasil apareceu 246 vezes nas 46 tabelas de cursos, com 27 universidades, o que torna o país o mais frequente entre os latino-americanos.

Odontologia na Unesp

Na Unesp, o curso de Odontologia é oferecido nos Câmpus de Araçatuba, Araraquara e São José dos Campos. Nos primeiros anos, o acadêmico tem conteúdos de Ciências Biológicas e da Saúde e de Ciências Sociais e Humanas, nas disciplinas Anatomia, Histologia, Patologia, Imunologia, Fisiologia, Farmacologia, Ciências Sociais e outras, que dão ao estudante conceitos básicos que irão fundamentar a sua atividade clínica futura. Depois, são praticados atendimentos como restaurações, tratamentos de canais, próteses e ações voltadas para a promoção de saúde.
 
Nas três unidades há bibliotecas, clínicas, salas de aula especiais e laboratórios equipados com instrumentos modernos, além de professores qualificados. Nessas instalações, os estudantes aprendem e aplicam o conhecimento por meio do tratamento gratuito da população local, sob a supervisão dos professores. Outra característica dos cursos é a integração entre o ensino e a pesquisa, com o estímulo para que os estudantes realizem trabalhos de iniciação científica, e entre o ensino e a extensão, muito importante para a população e para a formação do aluno, reforçando a sua responsabilidade social. Há ainda a possibilidade de intercâmbios estudantis internacionais.
 
O Câmpus de Araçatuba foi pioneiro na montagem do Centro de Assistência Odontológica à Pessoa com Deficiência e do Centro de Oncologia Bucal, unidades auxiliares que trabalham com equipes multidisciplinares compostas por cirurgiões dentistas, médicos, enfermeiros, assistentes sociais, fonoaudiólogas, psicólogas e terapeutas ocupacionais, oferecendo atendimento integral ao paciente. Os alunos têm a oportunidade de participar desse atendimento por meio dos projetos de extensão, e a disciplina de “Odontologia para pacientes portadores de necessidades especiais”, inserida na estrutura curricular, tem o objetivo de preparar o aluno para esse atendimento diferenciado.
 
O curso de Araraquara propõe-se a formar cirurgiões-dentistas gerais com características humanísticas e rigoroso conhecimento técnico e científico. O profissional deverá ser capaz de atuar em todos os níveis de atenção à saúde bucal, em serviço público ou privado, sendo sensível às realidades sociais, e ter capacidade de participar de equipes multiprofissionais. Tem um empresa júnior que estimula o empreendedorismo, característica fundamental para um profissional autônomo.
 
O Instituto de Ciência e Tecnologia do Câmpus de São José dos Campos oferece o curso de Odontologia em dois períodos, integral e noturno. As metas atuais são reformular o curso de gradua­ção em função da evolução da Odontologia, incentivar docentes à pesquisa, progressão na carreira e produção científica, contribuindo para a melhora dos cursos de pós-graduação, estimular os alunos a participar de iniciação científica e projetos sociais de atendimento à população e dar continuidade a modernização da infraestrutura, ampliando laboratórios de ensino e de informática, assim como salas de aulas. 
 
São José dos Campos e Araraquara têm empresas juniores de odontologia que estimulam o empreendedorismo entre os estudantes, característica fundamental para o profissional que terá seu próprio negócio.
 
Medicina Veterinária na Unesp

A Unesp oferece o curso de Medicina Veterinária nas cidades de Araçatuba, Botucatu e Jaboticabal. Em todos, há crescente preocupação com a sustentabilidade e os impactos ambientais decorrentes da pecuária como um todo, sendo estudadas e aplicadas novas técnicas de gerenciamento de resíduos químicos e biológicos, de excrementos e de efluentes produzidos nos criatórios animais.
 
Além de disciplinas básicas e profissionalizantes que oferecem estágios de treinamento e aperfeiçoamento, são ministradas matérias da área de Humanidades as quais, juntamente com outras atividades correlatas também promovidas, contribuem para a formação holística do aluno.
 
As unidades estimulam a participação dos alunos em pesquisa científica e tecnológica e na prestação de serviços à comunidade através de estágios em programas e projetos de seus professores e pesquisadores e da participação em grupos de estudos coordenados por um docente responsável.
 
As três faculdades mantêm hospitais veterinários, onde os alunos, supervisionados por docentes, prestam atendimento clínico e cirúrgico a pequenos animais (cães e gatos), animais de grande porte (ovinos, bovinos, equinos, suínos e caprinos) e animais selvagens. Os cursos exigem estágio curricular para sua conclusão. A Universidade mantém ainda programas de residência veterinária e de pós-graduação em nível de mestrado e doutorado.
 
Com o crescimento do número de graduados em Medicina Veterinária decorrente da criação de novas unidades de ensino superior no Brasil, a graduação em instituições de reconhecida competência é um diferencial para ingressar em melhores condições no mercado de trabalho, e o desempenho dos cursos da Unesp no Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes) os coloca entre os melhores do país.

MAIS DESENVOLVIMENTO

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo